Contenido Variado

Cuentos en Portugués con Lecciones de Vida – Lectura con Audio

Algunos cuentos en portugués con una lección de vida

Una buena manera de mejorar tu pronunciación es escuchar y leer al mismo tiempo, disfruta de estos cuentos en portugués que traen un mensaje bonito para pensar.

Aprender más que portugués a través del portugués, es lo que siempre digo a mis estudiantes, de hecho hice lo mismo para aprender inglés y español, espero que disfrutes de algunas lecturas de cuentos en portugués que hice, acuérdate que es muy importante aprender nuevas palabras en un contexto, toma notas en tu cuaderno para poner en práctica, empecemos.

1. Casa dos Mil Espelhos 

a casa dos mil espelhos

 

Tempos atrás em um distante e pequeno vilarejo, havia um lugar conhecido como a casa dos 1000 espelhos.

Um pequeno e feliz cãozinho soube deste lugar e decidiu visitar. Lá chegando, saltitou feliz escada acima até a entrada da casa.

Olhou através da porta de entrada com suas orelhinhas bem levantadas e a cauda balançando tão rapidamente quanto podia.

Para sua grande surpresa, deparou-se com outros 1000 pequenos e felizes cãezinhos, todos com suas caudas balançando tão rapidamente quanto a dele.

Abriu um enorme sorriso, e foi correspondido com 1000 enormes sorrisos.

Quando saiu da casa, pensou: ”Que lugar maravilhoso! Voltarei sempre, um montão de vezes”.

Neste mesmo vilarejo, um outro pequeno cãozinho, que não era tão feliz quanto o primeiro, decidiu visitar a casa.

Escalou lentamente as escadas e olhou através da porta.

Quando viu 1000 olhares hostis de cães que lhe olhavam fixamente, rosnou e mostrou os dentes e ficou horrorizado ao ver 1000 cães rosnando e mostrando os dentes para ele.

Quando saiu, ele pensou: “Que lugar horrível, nunca mais volto aqui”.

Todos os rostos no mundo são espelhos.

Que tipo de reflexos você vê nos rostos das pessoas que você encontra?

– Folclore japonês

2. Definição de Amor

definição de amor

 

Um senhor de bastante idade chegou a um consultório médico, pra fazer um curativo em sua mão, na qual havia um profundo corte.

E muito apressado pediu urgência no atendimento, pois tinha um compromisso.

O médico que o atendia, curioso, perguntou o que tinha de tão urgente pra fazer.

O simpático velhinho lhe disse que todas as manhãs ia visitar sua esposa que estava em tratamento numa clínica, com mal de Alzheimer em fase muito avançada.

O médico, preocupado com o atraso do atendimento, disse:

– Então hoje ela ficará muito preocupada com sua demora?

O velhinho respondeu:

– Não, ela já não sabe quem eu sou. Há quase cinco anos que não me reconhece mais.

O médico então questionou:

– Mas então para que tanta pressa em vê-la todas as manhãs, se ela já não o reconhece mais?

O velhinho então deu um sorriso e, batendo de leve no ombro do médico, respondeu:

– Ela não sabe quem eu sou… Mas eu sei muito bem quem ela é!

O médico teve que segurar suas lágrimas enquanto pensava.

O verdadeiro AMOR não se resume ao físico, nem ao romântico…

O verdadeiro AMOR é a aceitação de tudo que o outro é…

De tudo que foi um dia… Do que será amanhã… e do que já não é mais!

Autor desconhecido

3. O Escorpião

o escorpião

 

Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou. Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando de novo.

O mestre tentou tirá-lo novamente e novamente o animal o picou.

Alguém que estava observando aproximou-se do mestre e lhe disse:- Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?

O mestre respondeu:

– A natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.

Então, com a ajuda de uma folha o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida.

***

Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções.

Alguns perseguem a felicidade, outros a criam. Preocupe-se mais com sua consciência do que com a sua reputação.

Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, não é problema nosso… é problema deles.

4. O Poço Das Rãs 

o poço das rãs

 

Havia um grande grupo de rãs que sempre ia se divertir na floresta. Todas elas cantavam e pulavam até a noite cair. Elas riam bastante e nada as separava.

Um dia, em um de seus passeios habituais, elas foram conhecer uma floresta nova.

Estavam brincando quando três delas caíram em um poço profundo que ninguém havia notado.

As outras ficaram espantadas. Olharam para o fundo do poço e viram que era muito profundo. “Nós as perdemos”, disseram.

As três rãs caídas tentavam escalar as paredes do poço, mas era muito difícil. Elas mal avançavam um metro e caíam novamente.

As outras começaram a dizer que seus esforços eram inúteis. Como elas poderiam escalar uma parede tão alta? Era melhor que desistissem. Não havia nada a fazer.

Duas das rãs ouviram esses comentários e desistiram. Elas achavam que as outras estavam certas.

A terceira rã, por outro lado, continuou subindo e caindo, mas depois de algumas horas, conseguiu chegar à superfície.

As outras ficaram surpresas. Uma delas perguntou: “Como você conseguiu?” Mas a rã não respondeu; era surda.

***
Um bom conto para refletir sobre o poder da opinião alheia.

5. A Arte do Silêncio 

a arte do silêncio

 

Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o vizinho acabou sendo preso.

Algum tempo depois, descobriram que era inocente.

O rapaz foi solto e, após muito sofrimento e humilhação, processou o vizinho.

No tribunal, o vizinho disse ao juiz:

– Comentários não causam tanto mal…

E o juiz respondeu:

– Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel.

Depois pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa. Amanhã, volte para ouvir a sentença!

O vizinho obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse:

– Antes da sentença, você terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem!

– Não posso fazer isso, meritíssimo! – respondeu o homem.

O vento deve tê-los espalhado por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!

Ao que o juiz respondeu:

– “Da mesma maneira, um simples comentário pode destruir a honra de uma pessoa, espalhando-se a ponto de não podermos mais consertar o mal causado.”

6. Construa com Sabedoria

construa com sabedoria

 

Um velho carpinteiro estava pronto para se aposentar.

Ele informou ao chefe seu desejo de sair da indústria de construção e passar mais tempo com sua família.

Ele ainda disse que sentiria falta do salário, mas realmente queria se aposentar.

A empresa não seria muito afetada pela saída do carpinteiro, mas o chefe estava triste em ver um bom funcionário partindo e ele pediu ao carpinteiro para trabalhar em mais um projeto como um favor.

O carpinteiro concordou, mas era fácil ver que ele não estava entusiasmado com a ideia.

Ele prosseguiu fazendo um trabalho de segunda qualidade e usando materiais inadequados.

Foi uma maneira negativa dele terminar sua carreira.

Quando o carpinteiro acabou, o chefe veio fazer a inspeção da casa.

E depois ele deu a chave da casa para o carpinteiro e disse:

“Essa é sua casa. Ela é o meu presente para você”.

O carpinteiro ficou muito surpreso. Que pena!

Se ele soubesse que ele estava construindo sua própria casa, ele teria feito tudo diferente.

O mesmo acontece conosco. Nós construímos nossa vida, um dia de cada vez e muitas vezes fazendo menos que o melhor possível na construção.

Depois com surpresa nós descobrimos que nós precisamos viver na casa que nós construímos.

Se nós pudéssemos fazer tudo de novo, faríamos tudo diferente.

Mas não podemos voltar atrás.

Você é o carpinteiro.

Todo dia você martela pregos, ajusta tábuas e constrói paredes.

Alguém disse que “A vida é um projeto que você mesmo constrói”.

As atitudes e escolhas de hoje estão construindo a “casa” que você vai morar amanhã.

Construa com Sabedoria!

7. As Duas Vizinhas

as duas vizinhas

 

Havia duas vizinhas que viviam em pé de guerra. Não podiam se encontrar na rua que era briga na certa.

Depois de um tempo, Dona Maria descobriu o verdadeiro valor da amizade e resolveu que iria fazer as pazes com Dona Clotilde.

Ao se encontrarem na rua, muito humildemente, disse dona Maria:

– Minha querida Clotilde, já estávamos nessa desavença há anos e sem nenhum motivo aparente.

Estou propondo para você que façamos as pazes e vivamos como duas boas e velhas amigas.”

Dona Clotilde, na hora, estranhou a atitude da velha rival e disse que iria pensar no caso.

Pelo caminho foi pensando…

– Essa dona Maria não me engana, está querendo me aprontar alguma coisa e eu não vou deixar barato. Vou lhe mandar um presente para ver sua reação.” Chegando em casa preparou uma bela cesta de presentes, a cobrindo com um lindo papel, mas a encheu de esterco de vaca.

– Eu adoraria ver a cara da dona Maria ao receber esse “maravilhoso” presente.
Vamos ver se ela vai gostar dessa.

Mandou a empregada levar o presente à casa da rival, com um bilhete

– Aceito sua proposta de paz e para selarmos nosso compromisso, te envio este lindo presente.

Dona Maria estranhou o presente, mas não se exaltou e pensou:

– O que ela está propondo com isso? Não estávamos fazendo as pazes? Bom, deixa pra lá!

Alguns dias depois dona Clotilde atende a porta e recebe uma linda cesta de presentes, coberta com um belo papel.

– É a vingança daquela nojenta da Maria. O que será que ela aprontou!?

Para sua surpresa, ao abrir a cesta viu um lindo arranjo das mais belas flores que podiam existir num jardim, e um cartão com a seguinte mensagem:

– Estas flores é o que te ofereço em prova da minha amizade. Foram cultivadas com o esterco que você me enviou e que proporcionou excelente adubo para meu jardim. Afinal, cada um dá o que tem em abundância em sua vida.

8. O Copo d’água

cuentos en portugues - o copo d'agua

 

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.

– «Qual é o gosto?» perguntou o Mestre.

– «Ruim » disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.

Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago, então o velho disse:

– «Beba um pouco dessa água».

Enquanto a água escorria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:

– «Qual é o gosto?»

– «Bom!» disse o rapaz.

– Você sente gosto do «sal»? perguntou o Mestre.

– «Não» disse o jovem.

O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou sua mão e disse:

– A dor na vida de uma pessoa não muda.

Mas o sabor da dor depende do lugar onde a colocamos.

Então quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido das coisas. Deixe de ser um copo.

Torne-se um lago…

9. Meu Pai e a Carroça

 

Certa manhã, meu pai, muito sábio, me convidou a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e, depois de um pequeno silêncio, me perguntou:

– Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:

– Estou ouvindo um barulho de carroça.

– Isso mesmo, é uma carroça vazia…

Curioso, lhe perguntei:

– Como o senhor sabe que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?

– Ora – respondeu ele – é muito fácil saber se uma carroça está vazia por causa do barulho.

Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz.

Me tornei adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, tratando o próximo com grossura, prepotente, interrompendo a conversa dos outros ou querendo demonstrar que é a dona da verdade, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai, dizendo:

«Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz…»

10. Estrelas do mar

cuentos en portugues - estrelas do mar

 

Um rapaz estava caminhando ao pôr do sol em uma praia deserta mexicana. À medida que caminhava, começou a avistar outro homem à distância.

Ao se aproximar do nativo, notou que ele se inclinava, apanhando algo e atirando na água. Repetidamente, continuava jogando coisas no mar.

Ao se aproximar ainda mais, o rapaz notou que o homem estava apanhando estrelas do mar que haviam sido levadas para a praia e, uma de cada vez, as estava lançando de volta à água.

O rapaz ficou intrigado. Aproximou-se do homem e disse:

_ Boa tarde, amigo. Estava tentando adivinhar o que você está fazendo.

Estou devolvendo estas estrelas do mar ao oceano.

Você sabe, a maré está baixa e todas as estrelas do mar foram trazidas para a praia.

Se eu não as lançar de volta ao mar, elas morrerão por falta de oxigênio.

Entendo, respondeu o rapaz, mas deve haver milhares de estrelas do mar nesta praia.

Provavelmente, você não será capaz de apanhar todas elas. É que são muitas, simplesmente.

Você sabe que provavelmente isso está acontecendo em centenas de praias acima e abaixo desta costa?

Não vê que não fará diferença alguma?

O homem sorriu, curvou-se, apanhou uma outra estrela do mar e, ao arremessá-la de volta ao mar, replicou:

– Fez diferença para aquela.

11. Os Dois Videntes

cuentos en portugues - os dois videntes

 

Pressentindo que seu país em breve iria mergulhar numa guerra civil, o sultão chamou um dos seus melhores videntes, e perguntou-lhe quanto tempo ainda lhe restava de vida.

– Meu adorado mestre, o senhor viverá o bastante para ver todos os seus filhos mortos.

Num acesso de fúria, o sultão mandou imediatamente enforcar aquele que proferira palavras tão aterradoras. Então, a guerra civil era realmente uma ameaça!

Desesperado, chamou um segundo vidente.

– Quanto tempo viverei? – perguntou, procurando saber se ainda seria capaz de controlar uma situação potencialmente explosiva.

– Senhor, Deus lhe concedeu uma vida tão longa, que ultrapassará a geração dos seus filhos, e chegará a geração dos seus netos.

Agradecido, o sultão mandou recompensá-lo com ouro e prata.

Ao sair do palácio, um conselheiro comentou com o vidente:

– Você disse a mesma coisa que o adivinho anterior. Entretanto, o primeiro foi executado, e você recebeu recompensas. Por que?

– Porque o segredo não está no que você diz, mas na maneira como diz. Sempre que precisar disparar a flecha da verdade, não esqueça de antes molhar sua ponta num vaso de mel.

12. Para que Gritar?

leccion de vida - para que gritar?

 

Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos :

“Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas?”
“Gritamos porque perdemos a calma”, disse um deles.

“Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado?”, questionou novamente o pensador.

“Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça”, retrucou outro discípulo.

E o mestre volta a perguntar:

“Então não é possível lhe falar em voz baixa?”

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador.

Então ele esclareceu:

“Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido?”

O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito.

Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem se escutar mutuamente.

Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância.

Por outro lado, o que acontece quando duas pessoas estão apaixonadas?

Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê?

Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena.

Às vezes seus corações estão tão próximos, que nem falam, somente sussurram.

E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta.

Seus corações se entendem.

É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas.

Por fim, o pensador conclui, dizendo :

“Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciam mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta”.

13. A Loja de CD’s

historias en portugues - a loja de cd's

 

Era uma vez um garoto que nasceu com uma doença que não tinha cura. Tinha 17 anos e podia morrer a qualquer momento. Sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe.

Um dia decidiu sair sozinho e, com a permissão da mãe, caminhou pela sua quadra, olhando as vitrines e as pessoas que passavam. Ao passar por uma loja de discos, notou a presença de uma garota, mais ou menos da sua idade, que parecia ser feita de ternura e beleza.

Foi amor à primeira vista. Abriu a porta e entrou, sem olhar para mais nada que não a sua amada. Aproximando-se timidamente, chegou ao balcão onde ela estava. Quando ela o viu lhe deu um sorriso e perguntou se podia ajudá-lo em alguma coisa. Era o sorriso mais lindo que ele já havia visto, e a emoção foi tão forte que ele mal conseguiu dizer que queria comprar um CD.

Pegou o primeiro que encontrou, sem nem olhar de quem era e disse:

-Esse aquí…

-Quer que embrulhe para presente? – perguntou a garota, sorrindo ainda mais…

Ele balançou a cabeça para dizer que sim e disse:

-É para mim mesmo mas eu gostaria que você embrulhasse. Ela saiu do balcão e voltou, pouco depois, com o CD muito bem embalado. Ele pegou o pacote e saiu, louco de vontade de ficar por alí, admirando aquela figura divina.

Daquele dia em diante, todos as tardes voltava à loja de discos e comprava um CD qualquer. Todas as vezes a garota deixava o balcão e voltava com um embrulho cada vez mais bem feito, que ele guardava no closet, sem sequer abrir.

Ele estava apaixonado, mas tinha medo da reação dela, e assim, por mais que ela sempre o recebesse com um sorriso doce, não tinha coragem para convidá-la para sair e conversar.

Comentou sobre isso com sua mãe e ela o incentivou muito a chamá-la para sair. Um dia, ele se encheu de coragem e foi para a loja. Como todos os dias comprou outro CD e, como sempre, ela foi embrulhá-lo. Quando ela não estava vendo, escondeu um papel com seu nome e telefone no balcão e saiu da loja correndo.

No dia seguinte o telefone tocou e a mãe do jovem atendeu. Era a garota perguntando por ele. A mãe, desconsolada, nem perguntou quem era, começou a soluçar e disse:

-Então, você não sabe? Faleceu essa manhã.

Mais tarde, a mãe entrou no quarto do filho, para olhar suas roupas e ficou muito surpresa com a quantidade de CDs, todos embrulhados. Ficou curiosa e decidiu abrir um deles. Ao fazê-lo, viu cair um pequeno pedaço de papel, onde estava escrito:

Você é muito simpático, não quer me convidar para sair? Eu adoraria.

Emocionada, a mãe abriu outro CD e dele também caiu um papel que dizia o mesmo, e assim todos quantos ela abriu traziam uma mensagem de carinho e a esperança de conhecer aquele rapaz.

Assim é a vida: não espere demais para dizer a alguém especial aquilo que você sente.
Diga-o já; amanhã pode ser muito tarde.

Aproveite e fale, escreva, telefone e diga o que ainda não foi dito.
Não deixe para amanhã. Quem sabe não dê mais tempo…

14. Pregos na Cerca

cuentos en portugues - pregos na cerca

 

Era uma vez um garoto que tinha um temperamento muito ruim.

O pai desse garoto lhe deu um saco com pregos e lhe disse que toda vez que ele perdesse a paciência, deveria martelar um prego atrás da cerca. No primeiro dia o garoto enfiou 37 pregos.

Em algumas semanas, ia aprendendo a controlar seu temperamento, e o número de pregos martelados por dia reduziu gradativamente.

Descobriu que era mais fácil controlar seu temperamento do que martelar todos aqueles pregos na cerca… Finalmente chegou o dia em que o garoto não perdeu a paciência nem uma vez. E disse aquilo ao seu pai.

Este sugeriu que ele retirasse um prego por cada dia que ele conseguisse controlar seu temperamento.

Finalmente chegou o dia em que o garoto havia retirado todos os pregos da cerca.

Então o pai pegou a mão do seu filho e o levou para a cerca e disse:

“Você foi muito bem meu filho!” Mas olha todos esses buracos na cerca. A cerca jamais será a mesma.

Quando você diz coisas com a cabeça quente, elas deixam marcas como estas.

Você pode ferir um homem com uma faca e depois tirar a faca, não importa quantas vezes você pedir perdão, a ferida ainda vai estar ali.

Uma ferida verbal é tão grave quanto uma física.

***
Lembre-se da lição que o pai ensinou para o filho.

Que “buracos” você tem feito recentemente?

Alguns podem ser grandes e outros pequenos. Sejam do tamanho que forem, cada buraco que é feito com raiva faz a vida um pouco mais feia.

Na próxima vez que você começar a sentir raiva, tente se expressar de maneira diferente e reduzir o número de buracos que você faz.

 


Más lecturas en Portugués – Playlist

Playlist: Lecturas en Portugués con Philipe Brazuca

Canales en Youtube que hablan acerca de libros.

Otras recomendaciones destacadas si quieres mejorar tu nivel de portugués.

⭐  Mejores Aplicaciones para Aprender Portugués
⭐  Lista de diccionarios en Portugués
⭐  Lista de series de Brasil en Netflix
⭐  Las 30 Expresiones en Portugués Más Utilizadas en Brasil
⭐  Lista de preguntas para romper el hielo conversando en portugués

¿Qué te parecieron las lecturas de estos cuentos en portugués? Alguna favorita? participa en los comentarios. =)


MÁS CONTENIDO EN TELEGRAM
Videos, PDF's, Quizzes para mejorar tu portugués 🚀

CURSOS GRATIS DE PORTUGUÉS

 

11 thoughts on “Cuentos en Portugués con Lecciones de Vida – Lectura con Audio

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *